DIDÁTICAS LIBERTADORAS: UM NOVO OLHAR PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Rita de Cassia Batista

Resumo


Este artigo visa ao estudo de práticas pedagógicas necessárias e inovadoras voltadas para o cenário da Educação a Distância, bem como para o público que esta modalidade tem atingido. O texto enfatiza o perfil libertador citado por Paulo Freire (1996) necessário para esta nova geração, tanto para a educação tradicional quanto para a modalidade a distância. Além disso, propõe sugestões de atividades que poderiam ser trabalhadas e direcionadas para um público cada vez mais exigente e criativo, fazendo com que a educação não tradicional atinja, cada vez mais, as expectativas de uma sociedade que, gradativamente, é inserida em um contexto tecnológico e único. Abordamos, também, os conceitos pertinentes ao assunto citados por Mill (2006), Alonso (1996), bem como as condições para avaliação propostas por Luckesi (2005). Além disso, consideramos as práticas de arte, plágio e dialogicidade tão pertinentes para o tema trabalhado.

Palavras-chave


Educação a Distância; Tecnologia; Professor libertador; Prática pedagógica; Avaliação.

Texto completo:

PDF


ISSN - 1982-6109 - Qualis:B1