CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO ONLINE: O CASO DA REDE SOCIAL PROEDI

Eliana Santana Lisbôa, Clara Pereira Coutinho

Resumo


Avaliar a construção do conhecimento constitui um desafio para educadores que buscam investigar as potencialidades que as redes sociais oferecem para a educação online. Visando contribuir para o referido debate é que apresentamos neste artigo um estudo empírico cujo objetivo foi comparar o processo de construção de conhecimento em dois fóruns, aplicados em diferentes contextos ( formal e informal), de uma rede social que reúne uma comunidade de professores de língua portuguesa que discutem temas online relacionados ao Desenvolvimento Profissional na Área das TIC. O referencial teórico é a Teoria de Aprendizagem Colaborativa Online - OCL desenvolvido por Harasim (2012), bem como o conceito de presença cognitiva, apresentado por Garrison et al. (2001) para detectar e avaliar o processo de construção do conhecimento em interações assíncronas online. Os resultados mostram que houve construção do conhecimento nos dóis fóruns analisados. Contudo, foi no fórum aplicado em contexto formal que ficaram mais visíveis as categorias mais complexas que evidenciam que o grupo atingiu níveis mais elevados de pensamento crítico. Como defendido por OCL embora modestos, os resultados mostram que numa rede social é possível atingir níveis mais elevados de pensamento e colaboração. O estudo também mostra que a grade de Garrison para detectar a presença cognitiva é útil para perseguir e dissecar o processo de construção do conhecimento em uma rede social.

Palavras-chave


presença cognitiva, construção do conhecimento, OCL

Texto completo:

PDF


ISSN - 1982-6109 - Qualis:B1