O IMPACTO DE AMBIENTES ONLINE NA PERCEÇÃO DE COMPETÊNCIAS DE APRENDIZAGEM EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Paulo Sol, José António Marques Moreira

Resumo


Poderão os ambientes online favorecer as competências de aprendizagem, tal como os estudantes do ensino fundamental as percebem? Nos tempos atuais, em que às profundas transformações sociais, económicas e culturais se associa a evolução das tecnologias de informação e da comunicação deparamo-nos com a necessidade de reequacionar os processos de ensino-aprendizagem.
Neste artigo analisamos o impacto de novos cenários pedagógicos online na perceção das competências de aprendizagem na disciplina de Físico-Química do ensino fundamental. Participaram na investigação 120 alunos, 60 do ensino público e 60 do ensino particular, do 9.º ano de escolaridade, de duas escolas do distrito de Aveiro- Portugal. No final do ano letivo, os estudantes responderam a uma escala de competências de autoaprendizagem, adaptada para aprendizagem em ambientes online.
Os resultados do estudo mostram que ambientes online, ancorados num design centrado no desenvolvimento de competências e num modelo pedagógico baseado nos princípios do construtivismo, da autonomia e da interação podem ter efeitos muito positivos na perceção das competências de aprendizagem nas dimensões consideradas: Aprendizagem Ativa ou Aceitação da Responsabilidade Pessoal pela Aprendizagem, Iniciativa de Aprendizagem e Orientação para a Experiência e Autonomia na Aprendizagem. Verificámos ainda que os alunos do ensino particular apresentação perceções mais positivas dessas competências do que os estudantes do ensino público. São discutidas as implicações dos resultados encontrados, tanto do ponto de vista de intervenção prática, como da reflexão para o futuro dos processos educativos.

Palavras-chave


educação on-line; competências de aprendizagem

Texto completo:

PDF


ISSN - 1982-6109 - Qualis:B1